Guiné vacinará pessoas que tiveram contato com sobreviventes do ebola

A Guiné em breve vai vacinar pessoas que entraram em contato com mais de 500 homens que se recuperaram de ebola, disse o porta-voz para o Centro Nacional de Combate ao Ebola, Fode Tass Sylla.

A decisão reflete pesquisa indicando que o ebola pode permanecer nos fluidos corporais de sobreviventes durante meses. Os contatos incluirão, mas não serão limitados aos parceiros sexuais, disse o porta-voz.

“Sabemos que o vírus pode permanecer no esperma de um paciente curado por um determinado período de tempo”, disse Sylla. “É por isso que queremos vacinar os círculos de 501 homens, para evitar qualquer risco de propagação da doença”.

As vacinas começarão nos próximos dias, disse Sylla. O centro também planeja uma campanha de sensibilização para alertar as mães que se recuperaram do vírus contra amamentar seus recém-nascidos, disse ele.

Um dos três países no epicentro do pior surto de ebola do mundo, com a Libéria e a Serra Leoa, a Guiné foi declarada livre de transmissões ativas do vírus em dezembro de 2015. Mas anunciou oito novos casos no mês passado.

Há 10.000 sobreviventes da febre hemorrágica mortal na Guiné, Libéria e Serra Leoa, de acordo com a Organização Mundial de Saúde.

Cinco pessoas morreram após o ressurgimento do surto de ebola na Guiné, declarou no dia 22 de março um porta-voz da Coordenação nacional de luta contra o ebola.

Meses após a nação da África Ocidental ser declarada livre do vírus, uma mulher morreu de ebola na Libéria, disseram autoridades da saúde nesta sexta-feira (1º). A epidemia já deixou cerca de 4.000 mortos de um total de 10.600 casos. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5