Animais morrem queimados em área de proteção ambiental no sul da Bahia

O incêndio de grandes proporções que atinge a vegetação na cidade de Santa Cruz Cabrália, extremo sul da Bahia, provocou a morte de alguns animais que vivem na região e que não conseguiram fugir das chamas. O fogo atinge uma vasta área de brejo da Área de Proteção Ambiental (APA) Santo Antônio, onde há vegetação de restinga, comum em áreas litorâneas.

O tempo seco e os ventos fortes contribuíram para que as chamas se espalhassem muito rapidamente. O fogo atingiu a entrada da aldeia indígena pataxó Araticum. Os índios passaram a noite de quarta-feira (6) e parte da manhã desta quinta (7) no combate ao fogo.

Uma área de condomínio de luxo também foi atingida. De acordo com o Corpo de Bombeiros, nesta quinta-feira, a situação já está um pouco mais controlada, mas o fogo ainda não foi extinto. Não há previsão de chuva para o local.

Caso – O incêndio de grandes proporções atingiu a área de vegetação em Santo Antônio, distrito da cidade de Santa Cruz Cabrália, no extremo baiano. De acordo com os bombeiros, o incêndio começou na manhã de quarta-feira. Como a equipe estava atendendo outra ocorrência, em uma fazenda de Porto Seguro, o combate ao fogo de Cabrália começou por volta das 15h e durou até 22h, quando foi preciso encerrar a operação. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags ,
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5