Metrô usa fumacê para combater mosquito nas estações do DF

Uma ação de combate ao mosquito Aedes aegypti foi feita neste domingo (10) nas estações do metrô de Brasília, como parte da campanha nacional contra o mosquito transmissor da dengue, da febre chikungunya e do vírus Zika.

“A Vigilância Ambiental de tempos em tempos visita o metrô e faz as execuções necessárias. Porém, desta vez, nós pedimos o auxílio dos técnicos que visitaram todas as estações e definiram então uma estratégia mais abrangente”, disse o chefe do Departamento de Operação da Companhia do Metropolitano DF (Metrô-DF), Victor Mafra.

A ação teve a utilização de um fumacê e foi usado um veículo do próprio metrô, que é adaptado para andar nos trilhos. “É um caminhão que usa roda de trem, anda nos trilhos. Então a equipe de Vigilância Ambiental instalou duas máquinas fumacê neste caminhão que vai passar em todos os 42 quilômetros de via”.

O veículo saiu da Estação Central, na Rodoviária do Plano Piloto, para fazer o percurso pelas mais de 24 estações. Até mesmo as que não estão em operação foram visitadas. Victor Mafra explica que três equipes da Vigilância Ambiental participaram da ação deste domingo.

Segundo Mafra, a medida está sendo feita por prevenção. “A Vigilância Ambiental passou em todas as estações e detectou locais que são mais sensíveis, locais que a partir das chuvas podem acumular água e serem locais de desenvolvimento das larvas. Portanto, é uma ação preventiva para que a gente não venha a ter problema nos próximos tempos”, disse.

Para que o fumacê fosse usado, o serviço do metrô foi encerrado às 16h, três horas antes do horário normal. “O mosquito adulto ataca normalmente nos horários da manhã, entre 5h e 9h e nos horários da tarde, começando às 17h até aproximadamente 21h. Portanto, para que a nossa ação fosse efetiva, ela teria que abranger este horário”, explicou. Victor disse também que a companhia escolheu o dia de domingo por ter um fluxo menor de passageiros.

Essa não foi a primeira ação feita pelo Metrô para o combate ao mosquito. Um grupo de funcionários recebeu treinamento da Vigilância Ambiental para identificar e combater focos do Aedes aegypti. “Nós queremos ampliar essa campanha para que a Vigilância Ambiental possa também dar essas palestras nas estações, treinado assim a maior parte dos nossos empregados”. Segundo Mafra, também está prevista a distribuição de material informativo para a população nas estações. (Fonte: Agência Brasil)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5