Menina encontra amuleto egípcio da época dos faraós em Jerusalém

Arqueólogos anunciaram que um artefato encontrado por uma menina de 12 anos em uma região de sítios arqueológicos em Jerusalém (Israel) tem mais de 3.200 anos e seria da era dos faraós. As informações são da Associated Press.

Neshama Spielman descobriu o amuleto em formato de pingente e com o nome do Tutmés 3º aos oito anos, enquanto participava com a sua família do projeto Temple Mount Sifting, que busca artefatos arqueológicos peneirando terra de locais onde há templos bíblicos.

A descoberta foi feita na Cidade de Davi, mais antiga região habitada de Jerusalém e, por isso, um dos principais sítios arqueológicos do país. Mais de 170 mil voluntários colaboram com o projeto, que teve início em 2004.

Um funcionário da Fundação Cidade de Davi – entidade que apoia o projeto Temple Mount Sifting -, Zeev Orenstein, explicou que determinar a proveniência e a importância de achados arqueológicos pode levar anos.

O anúncio acontece dias antes de os judeus celebrarem a Páscoa, data que celebra a liberdade ante o jugo dos egípcios.

A menina disse à agência Associated Press ter ficado feliz em saber o significado do objeto que encontrou há quatro anos. “Celebrar a Páscoa este ano vai ter um significado extra para mim”, contou. (Fonte: UOL)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5