China desenvolve braços robotizados para sua futura estação espacial

A China está desenvolvendo braços robotizados para usar em estações espaciais, o primeiro dos quais poderia ser usado na instalação que planeja pôr em órbita nos próximos anos, anunciaram nesta quinta-feira (21) fontes oficiais.

Técnicos e cientistas chineses já construíram um primeiro protótipo de dez metros de extensão, cuja extremidade final não estaria fixado à estação, segundo informou a agência oficial “Xinhua” citando fontes da Corporação da Ciência e da Tecnologia Aeroespacial da China (Casc).

Ao não ser fixado, e graças a suas sete articulações motorizadas, o braço poderia se movimentar de forma similar a uma serpente pela superfície da estação para alcançar qualquer lugar da instalação.

Outras fontes informaram que a entidade está desenvolvendo dois diferentes tipos de braços robotizados, um que seria operado do módulo central e outro do módulo experimental da estação.

A agência espacial chinesa deve lançar uma missão tripulada na segunda metade deste ano, que vai representar o retorno dos astronautas chineses à órbita terrestre após outras cinco missões deste tipo entre 2003 e 2013.

A China prevê lançar em 2018 o módulo central de sua futura estação espacial, uma instalação que estaria em funcionamento em 2022, segundo as atuais previsões oficiais. (Fonte: UOL)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags ,
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5