Lançamento de satélite Sentinel 1-B é cancelado por problema em foguete

O lançamento do satélite “guardião do meio ambiente” Sentinel-1B foi cancelado neste domingo pelo terceiro dia, desta vez por uma anomalia no foguete Soyuz, informou a Arianespace.

“Devido a uma anomalia detectada durante a cronologia de lançamento do Soyuz, a contagem regressiva foi interrompida”, disse companhia, que afirmou que o veículo de lançamento e os satélites foram colocados no modo de espera e se mantêm em condições “totalmente seguras” (além do Sentinel-1B, no Soyuz há três pequenos satélites).

O presidente e diretor-executivo da Arianespace, Stéphane Israël, explicou em sua conta no Twitter que “aconteceu uma anomalia na unidade de medida inercial do Soyuz. Paramos por esta noite. Estamos trabalhando para tentar confirmar o lançamento amanhã”.

Trata-se da terceira vez que é adiado ou cancelado o lançamento destes satélites: os dois primeiros adiamentos, na sexta-feira e no sábado, se deveram a problemas meteorológicos.

As medições realizadas no domingo pelos balões meteorológicos, ao contrário das dos últimos dois dias, deram dados bons de vento, que fizeram iniciar o protocolo para o lançamento.

No entanto, entre meia hora e 40 minutos antes da decolagem, a mesma foi cancelada por um problema no lançador.

A nova data para o lançamento será divulgada depois das primeiras análises desta anomalia, detalhou a Arianespace.

O Sentinel-1B é o quarto satélite do programa Copérnico de observação da Terra, liderado pela Comissão Europeia em parceria com a Agência Espacial Europeia (ESA).

É o programa mais ambicioso de observação da Terra e com ele a Europa quer vigiar oceanos, rios, lagos, geleiras, clima e desastres naturais, e melhorar assim a gestão do meio ambiente. (Fonte: Terra)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5