Três pescadores são presos com 135 peixes e 30 tartarugas em MT

Três pescadores foram presos em flagrante nesta quarta-feira (11) com 135 peixes de várias espécies, 30 tartarugas, além de materiais usados em pesca ilegal, na região de São Félix do Araguaia, a 1.159 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, os pescadores alegaram que os animais seriam para consumo próprio. No entanto, a polícia acredita que os peixes e tartarugas seriam vendidos.

De acordo com os policiais civis, as prisões ocorreram após denúncias que apontavam a prática de crime ambiental e pesca predatória na região. Os pescadores foram encontrados nas margens do Rio Araguaia retirando os animais que estavam em uma rede de aproximadamente 30 metros.

Os policiais apreenderam 135 peixes de diversas espécies: matrinxã, pintado, pacu, jiripoca e curimba, além de 30 tartarugas de variadas espécies. “Os pescadores alegaram que os animais seriam para consumo. No entanto, o modo como eles apanharam esses peixes e tartarugas nos leva a crer que o motivo é outro, é criminoso e eles os venderiam”, explicou o delegado Valmon Pereira da Silva.

Os pescadores foram autuados por crime ambiental. O delegado arbitrou fiança no valor total de R$ 1,5 mil e os suspeitos vão responder em liberdade. As tartarugas encontradas na rede foram devolvidas ao meio ambiente e os peixes doados a entidades filantrópicas da região.

Conforme o delegado, a pena para esse tipo de crime – apanhar animais silvestres e pesca predatória – somam quatro anos de detenção. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5