Ecologistas alemães bloqueiam mina de carvão

Cerca de 2 mil ativistas ambientais alemães bloquearam uma mina de carvão no leste do país, propriedade do grupo Vattenfall, como parte de uma campanha internacional contra as energias fósseis.

Vestidos com macacões brancos e máscaras antigases, os militantes invadiram a mina a céu aberto de Proschim, perto da fronteira com a Polônia, na região de Lusácia.

A ação continuará durante o fim de semana, segundo os organizadores.

Os ecologistas espalharam cartazes pelo chão e sobre as gigantescas escavadeiras, onde se lia: ‘Deixem-os no chão’ ou ‘Cena de crime climático’.

“Cada tonelada de carvão que se extrai é uma tonelada além do necessário”, denunciaram os organizadores. A ação faz parte da campanha internacional ‘Break Free’ (Libertemo-nos), que começou no início de maio em vários países, entre eles Estados Unidos, Canadá, Brasil, Austrália e Nigéria, para exigir uma redução drástica das energias fósseis.

A jazida alemã produz anualmente 20 milhões de toneladas de lignito (carvão fóssil com alto teor de carbono).

A Alemanha, que pretende fechar todas as suas usinas nucleares até 2021, ainda depende fortemente do carvão, que representa 42% da sua produção de eletricidade. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags ,