Animais do Zoo de Curitiba recebem cuidados especiais durante o frio

Os animais do Zoológico de Curitiba recebem cuidados especiais para se proteger do frio. Alimentação e aquecimento estão entre eles. Os veterinários preparam refeições com alimentos que ajudam a manter os bichos aquecidos e que previnem resfriados e doenças respiratórias.

Castanha, coco, pinhão, mel, legumes, verduras e frutas fazem parte do cardápio dos animais. Cada espécie recebe porções de acordo com as próprias necessidades. Mas, com a chegada do frio, eles precisam de ainda mais atenção.

Os macacos e as aves são os mais sensíveis às mudanças climáticas. Os animais que não são de regiões naturalmente frias, como o chimpanzé, que é da África, precisam de uma atenção especial.

No recinto do chimpanzé Bob, foi colocado um aquecedor que mantém o ambiente quente. Ele também ganhou um cobertor para passar esses dias mais frios do ano.

“Nós fornecemos cobertores para os animais, além da alimentação que é diferenciada no inverno. No caso dos primatas que são mais sensíveis a problemas respiratórios, nós fornecemos pão com mel, chá com mel, cebola. São alimentos já conhecidos da medicina alternativa como alimentos que protegem de resfriados, protegem de gripes”, explicou o veterinário Manoel Javorouski. O chimpanzé Bob vibra ao ver a chegada do lanche.

Os macacos menores recebem o mesmo tratamento, e lâmpadas fazem o aquecimento artificial durante a noite. (fonte: G1)