PE confirma quase 2 mil novos casos de arboviroses em uma semana

Em apenas uma semana, Pernambuco confirmou mais 1.922 casos de arboviroses e registrou 6.100 novas notificações de casos suspeitos das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Nesse mesmo período de sete dias, o estado descartou outros 2.079 casos de dengue, febre chikungunya ou vírus da zika. Os dados integram o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta terça-feira (24).

A dengue foi responsável por mais da metade dessas novas confirmações de arboviroses no estado: são 1.117 casos confirmados a mais com relação ao boletim anterior, divulgado no dia 18 de maio. Quanto ao vírus da zika, o número de pacientes que tiveram o diagnóstico confirmado permaneceu inalterado, com 23 confirmações no estado.

Com relação à febre chikungunya, Pernambuco registra mais 805 casos confirmados. A doença já resultou na morte de 22 pessoas no estado. A maior parte dos óbitos ocorreram no Recife, com 10 vítimas, mas também foram registradas três mortes em Jaboatão dos Guararapes e duas no município de Timbaúba, além de um óbito em cada uma das seguintes cidades: Camaragibe, João Alfredo, Nazaré da Mata, Paulista, Toritama e Vitória de Santo Antão.

Ainda sobre os óbitos por arboviroses no estado, dos 226 casos suspeitos notificados até 21 de maio, Pernambuco mantém em seis o número de confirmações para dengue, além de ter descartado uma suspeita. Os demais casos estão em investigação. Em 2015, no mesmo período, foram 38 óbitos suspeitos de dengue e 14 com resultado laboratorial positivo para essa doença.

O boletim da SES mostra ainda que mais 2.079 suspeitas das arboviroses foram descartadas em Pernambuco. A maior parte dos casos descartados foi de dengue (1.474 descartes), seguida da chikungunya, com 605 suspeitas descartadas. Em uma semana, nenhuma suspeita da zika foi descartada.

Números de cada arbovirose – Neste ano, de 3 de janeiro e 21 de maio, Pernambuco notificou 75.997 casos da dengue em 184 municípios e no distrito de Fernando de Noronha, com a confirmação de 15.768 deles e descarte de 18.023 suspeitas. O último boletim da secretaria, divulgado no dia 18 de maio, registrou que 73.678 casos da doença estavam sendo investigados, dos quais 14.591 pacientes tiveram diagnóstico confirmado da doença e 16.549 suspeitas foram descartadas.

Com relação às notificações de chikungunya, Pernambuco conta com 30.684 casos suspeitos, dos quais 6.342 foram confirmados e 8.093 descartados, em 184 municípios e em Fernando de Noronha. No boletim anterior divulgado pela Secretaria de Saúde de Pernambuco, foram 27.015 notificações, com 5.537 confirmações e 7.488 suspeitas descartadas, em 178 cidades do estado e em Fernando de Noronha.

Também foram notificados, em 146 municípios do estado e em Fernando de Noronha, 9.852 casos suspeitos do vírus da zika. Desses, o número de confirmações se mantém em 23, assim como o de casos descartados, que continua em 171. No último boletim da secretaria, foram registradas 9.740 notificações no estado. (Fonte: G1)