Operação apreende madeira e aplica multa de R$ 1 milhão em Mato Grosso

Uma operação de combate ao desmatamento e exploração ilegal de madeira apreendeu 547,32 m³ de madeira serrada e 170 unidades de madeira em tora em Mato Grosso. A operação, realizada entre os dias 2 e 14 de agosto, foi divulgada nesta quarta-feira (17) pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) de Mato Grosso.

Segundo a Sema, em 12 dias de operação, 25 pessoas foram autuadas por crime ambiental. O valor das multas aplicadas ultrapassa R$ 1,160 milhão. A primeira parte da ação se concentrou na região dos municípios de Marcelândia e Guarantã do Norte, a 712 e 721 km de Cuiabá.

Os fiscais flagraram atividades de exploração ilegal de madeiras não autorizadas pelo órgão ambiental em duas propriedades rurais de Marcelândia. As madeiras extraídas de forma irregular eram depositadas nas esplanadas no meio da mata.

Nesta ação foram apreendidas 165 unidades de madeira em tora, dois caminhões, dois tratores e três motosserras. Oito pessoas foram presas. O valor da multa será aplicado conforme o Decreto nº 6514, de 22 de julho de 2008, que estabelece punições de R$ 300 a R$ 5 mil por hectare para este tipo de crime ambiental.

A atividade contou ainda com vistorias realizadas nos acampamentos instalados na mata.

A madeira apreendida em Marcelândia foi doada para a Prefeitura Municipal de Glória D´Oeste, a 304 km de Cuiabá, para a construção de pontes e melhorias na infraestrutura da cidade.

Durante outra ação realizada em Guarantã do Norte uma pessoa foi presa em flagrante por explorar ilegalmente uma área de reserva legal de 215, 32 hectares. Dois tratores, quatro motosserras, cinco toras de madeira e uma bateria para trator também foram apreendidos. O valor da multa aplicada soma R$ 1 milhão.

Transporte irregular de madeira – Entre os dias 04 e 13, nos municípios de Itiquira e Alto Araguaia, os fiscais vistoriaram 723 caminhões que transportavam madeira na região. No total, foram apreendidas 16 carretas com irregularidades, o que corresponde a 547,32 m³ de madeira serrada.

Os condutores dos caminhões foram autuados e conduzidos para Delegacia de Polícia Civil, onde responderão por crime ambiental de transporte irregular de madeira. Foram aplicadas R$ 164 mil em multas. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,