Incêndio no Parque Nacional do Xingu já destruiu 210 mil ha de floresta

Um incêndio já destruiu mais de 210 mil hectares de floresta no Parque Nacional do Xingu, em Mato Grosso. Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), os focos na região começaram a aumentar em julho deste ano, com o início da estiagem. O parque é a maior reserva indígena do Brasil e abriga cerca de 5,5 mil habitantes, remanescentes de 16 etnias.

Segundo o Ibama, cerca de 70 servidores e brigadistas do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) do Ibama e cerca de 20 brigadistas da ONG Aliança da Terra realizam o combate ao incêndio na região.

Para o combate eles contam com o apoio de seis viaturas, um caminhão para o transporte das tropas, um helicóptero e três barcos. Os bombeiros trabalham em duas bases avançadas para tentar extinguir os focos.

O incêndio na floresta, de acordo com o Ibama, afeta diretamente a vida dos índios. O fogo, segundo o órgão, destrói árvores frutíferas e mata os animais, que servem de alimentos para os indígenas.

Além disso, de acordo com o Ibama com a floresta queimada e a degradação do solo, os materiais para a construção de moradia são extintos. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5