Aves sob maus-tratos e ameaçadas de extinção são resgatadas de cativeiro

A Polícia Militar Ambiental resgatou nesta quinta-feira (15) dois papagaios-verdadeiros e dois filhotes de arara-canindé que eram mantidos em cativeiro em uma residência em Euclides da Cunha Paulista. De acordo com a corporação, o morador foi multado em R$ 16 mil, em dois autos de infração ambiental.

Uma das multas, de R$ 10 mil, foi por ter em cativeiro sem autorização do órgão competente os dois filhotes de arara-canindé, pássaros que constam na relação de espécies ameaçadas de extinção. A outra multa, de R$ 6 mil, foi lavrada por maus-tratos, pois os dois filhotes estavam sem água e comida e acondicionados em local impróprio, segundo a polícia.

Um outro auto de infração ambiental tratou-se de uma advertência por ter em cativeiro sem autorização do órgão competente os dois papagaios-verdadeiros que estavam em local adequado, com água e alimentação disponíveis, e não apresentavam sinais de maus-tratos.

As quatro aves foram encaminhadas à Associação Protetora dos Animais Silvestres de Assis (Apass), onde passaram por assistência de médico veterinário e, assim que estiverem em condições, serão reintroduzidas em seu habitat natural. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5