Ministério reforça ações para proteção de UCs

O Ministério do Meio Ambiente e o Instituto Band de Apoio à cultura, educação, sustentabilidade, filantropia e beneficência vão atuar em parceria para promover ações de conservação, utilização e manejo em unidades de conservação (UCs) em todo o Brasil, por meio do Projeto Preserve e Abrace o que é Nosso.

O protocolo de intenções foi assinado nesta segunda-feira (10), na sede do Grupo Bandeirantes de Comunicação, em São Paulo, pelo ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, o presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Ricardo Soavinski, o presidente do Grupo Bandeirantes, João Carlos Saad, e a diretora-presidente do Instituto Band, Márcia Saad.

Com a iniciativa, o MMA e o Instituto Band buscam promover uma maior conscientização sobre a importância das UCs, por meio de ações de divulgação e promoção pelo Instituto Band, e pelas empresas e plataformas de mídia da Rede Band de Comunicação. “Essa parceria é muito importante”, avaliou o ministro. “As UCs existem para manter partes importantes dos biomas, por isso fortalecer os parques nacionais ajuda na educação ambiental”, exemplificou.

O ministro ressaltou que, para garantir a conservação dos biomas, é necessário estimular o desenvolvimento sustentável no país. “O que resolve é dar alternativas econômicas que valorizem a floresta”, defendeu Sarney Filho. Entre elas, o ministro citou as concessões florestais e as atividades desenvolvidas nas reservas extrativistas do país.

Até o final do ano os veículos de comunicação do grupo vão exibir matérias especiais e pílulas (programetes de 30 segundos) sobre os seguintes parques nacionais: Serra da Capivara (PI); Aparados da Serra e Serra Geral (divisa dos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina); Cavernas do Peruaçu (MG); e Fernando de Noronha (PE).

A ação permitirá uma mudança de cultura nas unidades de conservação contempladas. “Temos que despertar o sentimento de pertencimento nesses parques”, definiu Soavinski. O presidente do ICMBio destacou a importância dos frequentadores desses espaços. “Os visitantes têm uma experiência de vida, lazer e recreação para sua família e mudam sua concepção quando começam a interagir com o lugar”, explicou.

Também estão previstos o fortalecimento da missão de órgãos governamentais e entidades do terceiro setor comprometidos com as causas ambientais; o desenvolvimento do ecoturismo e a busca de novos modelos de desenvolvimento sustentável. (Fonte: MMA)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5