Empresa austríaca anuncia estudo clínico de vacina contra zika

A empresa de biotecnologia austríaca Themis Bioscience anunciou que dará início a testes em humanos de uma candidata a vacina contra o vírus da zika. A empresa abriu os testes a voluntários depois verificar que o produto foi eficaz em estudos preliminares.

Em um comunicado divulgado nesta terça-feira (11), a companhia anunciou que a nova vacina é baseada na mesma tecnologia aplicada para elaborar outra candidata a vacina, contra chikungunya. O produto usa uma tecnologia de DNA recombinante e “promete uma resposta imunológica rápida e eficaz”.

Trata-se de uma vacina de vírus vivo atenuado. A técnica é um tipo de imunização que já é empregado em outras vacinas e que consiste em inocular um vírus manipulado de modo a ser capaz de provocar a resposta imunológica no indivíduo, mas sem levar à doença.

Na primeira fase do estudo clínico, 48 voluntários vão testar diversas doses da vacina. O objetivo é identificar a mais eficaz quanto ao efeito protetor e a tolerância.

O estudo será realizado no Departamento de Farmacologia Clínica e no Instituto de Profilaxias Específica e Medicina Tropical da Universidade de Viena. Espera-se que os primeiros resultados sejam divulgados em seis meses.

Esse é o “primeiro estudo mundial de uma vacina viva atenuada de DNA recombinado contra a zika”, afirmou na nota o presidente e fundador da Themis Bioscience, Erich Tauber.

“As vacinas atenuadas são consideradas superiores porque induzem uma ativação mais rápida e mais completa do sistema imunológico, com uma imunidade duradoura”, acrescentou. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5