RJ registra 10 casos confirmados de febre amarela

A secretaria de Saúde do Rio de Janeiro divulgou nesta quarta-feira (19) um novo boletim de casos confirmados de febre amarela no estado. No total, 10 pessoas contraíram a doença. São sete casos com uma morte em Casimiro de Abreu, na Baixada Litorânea. Um registro em São Fidélis e outro em Porciúncula, no Noroeste do estado. Na Região dos Lagos, foi registrado um caso, mas o paciente contraiu a doença após uma viagem à zona rural de Casimiro de Abreu.

O levantamento também aponta dois casos confirmados de febre amarela em macacos. Eles foram registrados em São Sebastião do Alto e Campos dos Goytacazes, no interior.

Caso suspeito
– Morreu na madrugada desta quarta-feira (19) um morador de Bananal, zona rural de Maricá, Região dos Lagos, com suspeita de febre amarela. Ele estava internado no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, em Manguinhos, Zona Norte do Rio.

O paciente estava internado em uma Unidade Pronto Atendimento (UPA) no município e foi transferido para o hospital no Rio na tarde desta terça-feira (18) e morreu na madrugada desta quarta. Amostras de sangue foram colhidas e enviadas à Fiocruz e ao Laboratório Central Noel Nutels para análise.

Segundo a Prefeitura, não há surto da doença na cidade e que a adoção de vacinação de bloqueio nas áreas rurais próximas ao Bananal, prevista para ser iniciada nesta quarta-feira (19), é uma medida preventiva que integra o protocolo de atuação da Saúde.

Em nota enviada às 11h53, a Subsecretária de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde informou que foi notificada pela secretaria municipal de Saúde de Maricá quanto a um caso suspeito de febre amarela silvestre no município.

De acordo com o Estado, os exames que indicarão o diagnóstico do paciente ainda não foram concluídos. A secretaria informou, ainda, que a prefeitura de Maricá recebeu nesta terça-feira (18) 10 mil doses da vacina contra febre amarela para dar início à intensificação da vacinação dos moradores do bairro e de localidades próximas. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags