Gennady Padalka, cosmonauta com mais tempo no espaço, anuncia aposentadoria

O russo Gennady Padalka, o cosmonauta com mais tempo no espaço sideral (878 dias), anunciou neste domingo (23) sua decisão de se aposentar, informou o Centro de Preparação de Cosmonautas (CPC).

“Fui obrigado. Cansei de vagar. Não há perspetivas de voar. Trabalho para mim no centro (de preparação de cosmonautas) também não há”, disse Padalka, claramente desapontado, à agência “TASS”.

Padalka, de 58 anos, afirmou que estava disposto a participar em uma sexta missão à Estação Espacial Internacional (ISS) e chegar aos mil dias no espaço, mas via que não tinha chances.

“É uma pena. Sempre me causa tristeza quando um homem preparado, experiente e motivado com uma longa carreira abandona o trabalho” de cosmonauta, comentou Sergei Krikalev, diretor do programa de pilotos da agência espacial russa, Roscosmos.

Padalka bateu em 29 de junho de 2015 o recorde de Krikalev de 803 dias no espaço o estabeleceu em 878 dias durante sua quinta missão na plataforma orbital.

“Recebemos a solicitação de Gennady Ivanovich (Padalka) de abandonar as fileiras (de cosmonautas). Ela será revisada pela comissão dentro de duas semanas”, disse por sua vez Yuri Lonchakov, chefe do CPC.

Lonchakov, que se aposentou em 2013, explicou que o CPC não considera “uma tragédia” a decisão de Padalka, já que em 2017 foi selecionada uma nova equipe, que inclui cosmonautas que ainda não viajaram ao espaço.

Herói da Rússia desde 1999, Padalka foi incluído na lista de candidatos a cosmonauta em 1991 e viajou pela vez primeira ao espaço em 1998. (Fonte: Terra)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags