Piauí debate Programa Água Doce

Chegou a vez do Piauí receber representantes do Ministério do Meio Ambiente (MMA) para discutir o Programa Água Doce (PAD). A capital Teresina sediou, nesta sexta-feira (19/05), o I Encontro Estadual do Programa Água Doce (PAD), promovido pelo MMA com o governo do estado, por meio do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Piauí (Emater).

O encontro faz parte de uma série de eventos realizados pelo governo federal em parceria com gestores locais, desde março, nos estados atendidos pelo programa que garante o acesso à água de boa qualidade às comunidades do semiárido brasileiro. São Luís (MA), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Aracaju (SE) e Maceió (AL) já realizaram o encontro estadual. O próximo debate será em Recife (PE), no dia 25 de maio.

No Piauí, o evento reuniu prefeitos de 11 municípios do semiárido piauiense, representantes das comunidades atendidas, além das coordenações nacional e estadual do programa, conduzido no governo federal pelo Ministério do Meio Ambiente. Durante a reunião, foram apresentados os resultados gerais do programa no Piauí, além das informações sobre a gestão compartilhada e a atualização técnica e social da metodologia.

Etapas - Na primeira etapa do Água Doce foram implantados três sistemas de dessalinização no município de Betânia do Piauí, atendendo cerca de 100 famílias, com o investimento de mais de um milhão de reais. O estado tem como meta totalizar 67 sistemas de dessalinização, com execução de mais de R$ 13 milhões, atendendo cerca de 26 mil pessoas em 11 municípios.

Atualmente, estão sendo construídos sete sistemas no município de Campo Alegre do Fidalgo. Serão sete comunidades rurais em seu entorno que receberão água de qualidade para o consumo humano, alimentação e banho de recém-nascidos. “Diretamente serão atendidas 300 famílias e, no entorno das comunidades, 700 famílias, além de gerar renda com a contratação de mão-de-obra local para a construção dos sistemas”, explicou o coordenador estadual do PAD, Adalberto Nascimento.

Água de qualidade – O Programa Água Doce (PAD) é uma ação do governo federal, coordenada pelo MMA em parceria com diversas instituições federais, estaduais, municipais e sociedade civil. Conta, ao todo, com uma rede de cerca de 200 instituições, que envolvem 10 estados e parceiros federais.

O objetivo é estabelecer uma política pública permanente de acesso à água de boa qualidade para o consumo humano, incorporando cuidados técnicos, ambientais e sociais na gestão dos sistemas de dessalinização em comunidades do semiárido brasileiro.

Reconhecimento - Agora em maio, o programa foi destaque da ONU Meio Ambiente durante evento sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, em Nova York (EUA), como parte da Reunião do Conselho Econômico Social das Nações Unidas. A iniciativa, juntamente com o programa Bolsa Verde, foi apresentada como prática bem-sucedida pelo gerente de projeto do Departamento de Revitalização de Bacias Hidrográficas e Acesso à Água do MMA, Henrique Veiga. Os programas foram selecionados como ações inovadoras que incorporam a dimensão ambiental na erradicação da pobreza. (Fonte: MMA)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5