Decreto do governo federal prevê ampliação da Estação Ecológica do Taim no Sul do RS

O presidente Michel Temer assinou nesta segunda-feira (5), Dia Mundial do Meio Ambiente, um decreto prevendo a ampliação da Estação Ecológica do Taim, a principal reserva do Rio Grande do Sul, no Sul do estado. Há mais de 30 anos, medida vem sendo defendida por ambientalistas.

O ato do governo federal põe fim a um impasse que começou em 1986, quando a Estação Ecológica do Taim foi criada. Desde então, os ambientalistas defendiam a ampliação. Conforme o decreto, a área da reserva vai triplicar, passando de 10,7 mil para 32,7 mil hectares, entre os municípios de Rio Grande e Santa Vitória do Palmar.

Um dos locais mais importantes para o estado, a reserva abriga pelo menos 30 espécies de mamíferos, como capivaras, e répteis, como jacarés. Além disso, 250 espécies de aves migratórias fazem uma parada estratégica na região para se alimentar e descansar.

Em abril, o Taim recebeu o título de área úmida de importância nacional na Convenção de Ramsar, um dos acordos mais importantes do mundo para a preservação do meio ambiente. A certificação foi concedida no último dia 25 de abril, durante encontro em Leticia, na Colômbia.

Além da Reserva Ecológica do Taim, Temer assinou decretos que ampliam outras duas unidades de conservação, do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, e na Reserva Biológica (Rebio) União, no Rio de Janeiro. Outro decreto prevê a criação do Parque Nacional, no Pará. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5