‘Rompimento de plataforma de gelo na Antártida pode ter efeitos terríveis’, diz cientista americano

Uma grande fissura ameaça romper a plataforma de gelo Larsen C, localizada na Península Antártica. Com o rompimento, se desprenderia da massa de gelo flutuante um iceberg gigante, de cerca de 5 mil quilômetros quadrados, o que equivale a cerca de quatro vezes à área da cidade do Rio de Janeiro.

Com o derretimento do gelo antártico, os cientistas acreditam que o pedaço de gelo deverá se soltar em breve, acarretando consequências dramáticas. Além disso, a saída dos EUA do Acordo do Clima de Paris e os cortes nas verbas de pesquisas científicas estipulados por Trump poderão dificultar estudos futuros sobre as mudanças climáticas.

Em entrevista à Deutsche Welle, John Abraham, professor de Ciências Térmicas na Universidade São Thomas, em St. Paul, no estado de Minnesota, falou da importância da Larsen C e sobre como a comunidade científica está lidando com as ações de Trump.

“Estávamos com muito medo que os Estados Unidos permanecessem no Acordo de Paris e o sabotassem por dentro”, disse o cientista. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags