Gestores discutem corredores ecológicos

O diretor de Áreas Protegidas do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Warwick Manfrinato, apresentou nesta terça-feira (11/07) o Programa Conectividade de Paisagens – Corredores Ecológicos, durante o Fórum Brasil de Gestão Ambiental, que ocorre até esta quarta-feira (12/07), em Campinas (SP). O programa tem o objetivo de promover a integração de políticas públicas que propiciem a conectividade entre as áreas naturais protegidas.

Além de discutir os próximos passos do Programa, o diretor também abordou as ações e projetos do MMA relacionados ao tema: áreas protegidas locais. “Observamos bons resultados nesse contexto, tanto com exemplos na esfera local, quanto o que está sendo feito pelo governo federal”, disse.

O Programa Corredores Ecológicos é uma estratégia para a gestão da paisagem no Brasil ao integrar as políticas públicas do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) com a implementação do Código Florestal. A medida ordena as áreas de florestas e de conservação em propriedades privadas e gera a conectividade desejada com áreas públicas protegidas, em harmonia com o setor agrícola e florestal.

A dimensão nacional do projeto permite a construção de um panorama continental na América do Sul e promove a base para o diálogo com países vizinhos e parceiros em todo o mundo. No Brasil, o programa recebe contribuição da academia, por meio do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (USP), além de grupos de organizações não-governamentais e de iniciativas da Reserva da Biosfera da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

O Fórum - Com a participação de entidades ambientalistas, governos municipais, estaduais e federal e do setor produtivo, o Fórum Brasil de Gestão Ambiental ocorre até quarta-feira (12/07) no espaço Expo Dom Pedro, em Campinas.

Durante o evento, técnicos do MMA prestarão atendimento aos participantes em temas como o Cadastro Ambiental Rural (CAR), Plantadores de Rios, Pagamento por Serviços Ambientais, Resíduos Sólidos e Fórum Mundial da Água. O Ministério também é responsável por um estande onde serão apresentadas as políticas públicas do governo federal.

O Fórum é uma iniciativa da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (ANAMMA) com apoio de 40 entidades. A ideia é promover um debate amplo sobre a agenda ambiental de estados, municípios, governo federal, empresas e sociedade civil. (Fonte: MMA)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags ,