Geada provoca grandes perdas e preocupa produtores de trigo do PR

Foi só amanhecer para o agricultor ver de perto os estragos causados pela geada na lavoura de trigo. Em Cascavel, no oeste do estado, a paisagem “branquinha” e o gelo nas folhas deixaram os agricultores preocupados.

O agricultor Lucas Bortolli tem uma lavoura de trigo na região. Olhando a planta bem branquinha, sinal de que a geada foi forte. “Como a gente pode ver, essa lavoura estava na fase de espigamento pleno, então em uma semana a gente vai conseguir enxergar uma necrose no como dela. É uma lavoura que a perda vai ser muito grande”, declara.

Dos 160 hectares plantados ele acredita que apenas uma pequena parte deve escapar dos efeitos da geada. “É frustrante. A gente ainda fez o seguro para proteger o capital investido, mas mesmo assim a expectativa é sempre estar colhendo e remunerando a lavoura”, diz.

Em Cascavel, onde foram plantados 100 mil hectares, metade da produção está na fase de formação de grãos, período em que as plantas ficam mais sensíveis ao frio.

Plínio Destro conta que foi surpreendido pela geada forte. “Achei até que o inverno tinha ido embora”. Como toda a lavoura foi plantada na mesma época, mais de 90% da safra corre o risco de ficar no campo. “Esse liquido que congela, praticamente encerra o ciclo da planta, porque ela vai secar e murchar”, declara.

A secretaria de agricultura do estado deverá divulgar um levantamento da previsão de perdas nas lavouras de trigo durante a semana. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags ,
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5