Ceará se firma como principal produtor de caju no Nordeste

Produtores de caju do Ceará devem colher uma boa safra, depois de anos seguidos de frustração com a seca. Mesmo enfrentando várias dificuldades nos últimos cinco anos os produtores cearenses acreditam que o estado vai continuar se destacando pelo Brasil. No ranking da produção de caju no Nordeste, o Ceará ainda está em primeiro lugar.

Na fazenda do Seu Assis, em Beberibe, a 64 quilômetros de Fortaleza, são quarenta hectares dedicados ao caju. No ano passado, ele e os produtores cearenses mais uma vez sofreram com a seca. Mas esse ano a situação mudou: choveu bem na hora do desenvolvimento dos frutos e Seo Assis vai colher 32 toneladas, quase 40% a mais do que na safra passada.

A caixa com vinte quilos está sendo vendida a R$ 30, um preço bem acima dessa mesma época do ano passado. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Ceará deve colher 42.463 toneladas de castanha, 37% mais do que na safra passada. O Ceará produz 40% da castanha de caju do país. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5