Equipes trabalham na limpeza de córrego atingido por óleo que vazou de locomotiva

Equipes da concessionária Rumo All, durante todo esse sábado (19), trabalham na limpeza do córrego onde foi derramado óleo diesel, em São Vicente, no litoral de São Paulo. O tanque de uma locomotivas se rompeu, nesta sexta-feira (18), e parte do combustível vazou. O óleo se espalhou e atingiu um córrego próximo ao Rio Branco. Os trabalhos de limpeza só devem ser concluídos na segunda-feira (21).

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) foi informada do ocorrido e que acionou o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A Rumo All, responsável pela locomotiva, começou a realizar a contenção do combustível logo após o vazamento.

A princípio, segundo informações oficiais da Prefeitura de São Vicente e da Cetesb, o óleo teria atingido o Rio Branco e o lençol freático. Porém, segundo o Ibama, apenas uma parte de um córrego foi afetada. “Esse combustível entrou em uma vala, mas não chegou a atingir o Rio”, afirmou a agente ambiental do Ibama, Ana Angélica Alabarce.

Segundo a Prefeitura de São Vicente, aproximadamente, 12 mil litros de combustível vazaram da locomotiva. O Ibama estima que cerca de 8 mil litros foram derramados. Já a empresa Rumo All diz que ainda não tem a quantidade correta de óleo que vazou da locomotiva e que trabalha para investigar as causas do acidente.

Logo após o vazamento, a água do córrego ficou com uma cor avermelhada, por conta do combustível. Um equipe do Ibama acompanha, desde esta sexta-feira, os trabalhos de limpeza no córrego, realizados por técnicos da Rumo All.

A cor da água do córrego já estava mais clara neste sábado. No segundo dia de trabalho no local do vazamento, além das barreiras e de mantas, os técnicos também usaram dois equipamentos que sugam o óleo. A estimativa é que mais da metade do diesel que vazou e atingiu o córrego já foi retirado.

“Eles (técnicos da empresa) estão retendo para que o combustível não avance. É todo um processo de recolhimento. Com barreiras absorventes, o óleo é recolhido. A cor vermelha é por causa do combustível, mas ele está em uma camada superficial”, explica Angélica.

A vegetação que fica nas margens do córrego está sendo removida. Técnicos também está coletando água do córrego e fazendo cerca de cinco análises por dia para saber o grau da poluição. Segundo a agente ambiental, houve impacto ambiental naquela região. “Nós vamos mensurar o quanto foi e com certeza, vai gerar notificação e multa”, afirmou.

O Secretário de Meio Ambiente de São Vicente, Vitor Carlos Vitório, esteve acompanhando os trabalhos no local neste sábado. A expectativa é que a limpeza seja concluída até segunda-feira.

Em nota, concessionária Rumo All esclareceu equipes tomaram todas as medidas necessárias e seguem monitorando a área. Os trabalhos estão sendo acompanhados pelos órgãos ambientais responsáveis. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,