Autoridades estimam que furacão Irma destruiu 25% das casas nas ilhas de Florida Keys

A Agência Federal de Gestão de Emergências (Fema) dos Estados Unidos informou nesta terça-feira (12) que o arquipélago Florida Keys, por onde o furacão Irma passou com categoria 4 no domingo, teve parte substancial de suas construções destruídas.

“Estimativas iniciais – e foi por esta razão que pedimos às pessoas que evacuassem a área por causa da maré – apontam que 25% das casas de Florida Keys foram destruídas e 60% foram danificadas”, afirmou Brock Long, administrador da Fema.

“No geral, todas as casas de Florida Keys foram afetadas de uma maneira ou de outra”, acrescentou.

O olho do furacão Irma tocou terra no arquipélago com ventos de 215 km/h no domingo, segundo dados do Centro Nacional de Furacões (NHC) dos EUA. Pelo menos dez mortes no país são atribuídas ao Irma e diversas cidades ficaram parcialmente inundadas, como Miami Beach e Jacksonville.

Após sobrevoar a área de Florida Keys, o governador Rick Scott disse que a zona tinha ficado “devastada” e os estacionamentos de trailers destruídos.
“Há devastação. Só espero que todos tenham sobrevivido, o que vimos foi horrível. (…) Há muitos danos”, contou Scott.

Após chegar a Florida Keys, Irma se deslocou para o norte e impactou o litoral sudoeste da península da Flórida na tarde do domingo e prosseguiu pelo interior para o norte do estado, o que o debilitou.

Após passar para o estado da Geórgia, já como tempestade tropical, Irma continuou a enfraquecer e agora é um ciclone pós-tropical e já se situa sobre o Alabama.

A Fema enviou cerca de 2,4 milhões de rações de comida e 1,4 milhão de litros de água à Flórida para atender as emergências causadas pelo Irma, enquanto 628 mil rações e 900 mil litros de água foram encaminhados ao estado da Geórgia. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags