Com 33,3ºC, SP bate novo recorde de calor no inverno e entra em estado de alerta por baixa umidade

A cidade de São Paulo bateu mais um recorde de calor no inverno nesta sexta-feira (15). Segundo o Instituto Nacional do Meteorologia (Inmet), os termômetros da Estação Meteorológica do Mirante de Santana, na Zona Norte, registraram 33,3ºC às 15h.

Além de ser a a temperatura mais alta do inverno, é a maior registrada desde o dia 19 de fevereiro, quando a máxima foi de 34,7ºC. A temperatura mínima de 19,6ºC também foi a maior do inverno, superando os 18,9ºC registrados na segunda-feira (12).

Tempo seco – O calor e o tempo seco também fizeram com que a cidade entrasse em alerta para baixa umidade. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, a umidade chegou a 15% por volta do meio dia. A umidade mínima recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é de 60%.

O CGE aconselha adotar certos cuidados quando a umidade chega a esse percentual, como a utilização de soro fisiológico nos olhos e no nariz e evitar a prática de exercícios físicos ao ar livre entre 10h e 16h.

Desde a semana passada, a cidade vem registrando recordes de temperaturas e níveis de umidade. Ontem, o Inmet registrou máxima de 32,7ºC e a umidade do ar chegou a 23%.

Sem Chuvas – Depois de uma semana quente e seca, as máximas e mínimas devem cair pouco ao longo do fim de semana. Ainda não há previsão de chuva para os próximos dias. No sábado (16), a mínima será de 16ºC e máxima não deve passar dos 28ºC. No domingo (17), a mínima cai para 15ºC mas a máxima continua no patamar dos 28ºC.

Nos próximos três dias, a umidade deve variar entre 30% e 95%. O tempo permanece ensolarado, com poucas nuvens, ainda segundo o Inmet. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags