Caracol-do-mar gigante pode salvar Grande Barreira de Coral da Austrália

Um caracol gigante que se alimenta de estrelas-do mar pode ser usado para salvar a Grande Barreira de Coral – anunciaram as autoridades australianas nesta segunda-feira (18), que pretendem lançar um plano para o cultivo dessas espécies.

As estrelas-do-mar “coroa-de-espinhos” (Acanthaster planci), que proliferaram na região em função da poluição e do escoamento agrícola, são uma das ameaças ao ecossistema dos corais.

Seu impacto na Grande Barreira, incluída no Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), é significativo, de acordo com um estudo de 2012. Essa pesquisa aponta que 42% do dano sofrido pelos corais nos últimos 27 anos se deve a essa praga.

Um estudo do Instituto Australiano de Ciências Marinhas (AIMS) mostrou que as estrelas-do-mar evitam as áreas do Pacífico, onde vive o caracol marinho.

Podendo chegar a até meio metro, esses gastrópodes têm um olfato muito desenvolvido e podem detectar suas presas apenas pelo cheiro.

A investigação mostrou que os caracóis têm uma predileção pelas estrelas, mas conseguem comer apenas algumas poucas por semana. Eles mesmos são muito afetados pela pesca por causa de suas conchas.

Isso levou o governo australiano a anunciar um fundo para investigar como reproduzi-los.

“As possibilidades que esse projeto abre são muito emocionantes”, disse o parlamentar federal de Queensland, Warren Entsch.

“Se for bem-sucedido, essa pesquisa permitirá aos cientistas ver qual é o impacto dos caracóis gigantes nas estrelas ‘coroa-de-espinhos’ e provar seu potencial como uma ferramenta para reduzir a perda dos corais”, completou. (Fonte: G1)

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5