Ibama combate nova frente de desmatamento no entorno de Mojuí dos Campos, no PA

A partir de dados do Sistema de Detecção do Desmatamento na Amazônia Legal em Tempo Real (Deter), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), analistas do Ibama identificaram nova frente de desmatamento na região de Mojuí dos Campos, no Pará. Equipes de fiscalização atuam em pontos estratégicos para impedir o avanço da extração ilegal de madeira.

Em operação na área dos Projetos de Assentamento (PAs) Moju I e II, agentes ambientais flagraram desmatamento em estágio inicial e apreenderam dois caminhões, um trator e 67 metros cúbicos de madeira, o equivalente a 4 caminhões toreiros carregados. O responsável foi autuado em R$ 20,1 mil por explorar recursos florestais sem autorização do órgão ambiental competente. O processo administrativo será encaminhado ao Ministério Público Federal (MPF) para apuração da responsabilidade penal.

Os infratores foram flagrados ao carregar os caminhões com a madeira ilegal em área destinada a projeto de assentamento. Os bens apreendidos foram levados para a Gerência Executiva do Ibama em Santarém.

Em Rurópolis, a 200 km de Mojuí dos Campos, a operação Onda Verde resultou na apreensão de quatro motos, três motosserras e quatro armas de fogo, após flagrante de extração ilegal de madeira que atingiu 260 hectares.

“O objetivo do Ibama é impedir a expansão do desmatamento na Amazônia”, disse o agente ambiental Tiago Soares, que coordenou as duas operações de combate ao roubo de madeira no Pará.

Fonte: Ibama

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,