Educação ambiental é essencial para o fortalecimento da agricultura

Programas de educação ambiental desenvolvidos pelo setor produtivo são essenciais para o fortalecimento sustentável da agricultura, que é a principal base da economia do Paraná. Esta foi a mensagem do governador Beto Richa na cerimônia de conclusão da 22º edição do Agrinho, programa da Federação da Agricultura do Paraná (Faep) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), que premia professores e alunos que trabalham com responsabilidade social em sala de aula.

“São ações que trabalham com a conscientização das novas gerações, disseminando boas práticas na agricultura e também em saúde, cidadania e qualidade de vida”, disse Richa. “Iniciativas como essa mostram ser possível conciliar o desenvolvimento econômico com a preservação da natureza e a inclusão social”, complementou o governador. O Governo do Estado é parceiro da iniciativa.

Mais de 1.500 pessoas participaram do evento, realizado no ExpoTrade Pinhais (Região Metropolitana de Curitiba) e que contou com a participação da vice-governadora do Paraná, Cida Borghet; do ministro da Saúde, Ricardo Barros, secretários de Estado, deputados federais e estaduais. O evento foi animado por show com instrumentos musicais confeccionados a partir de material reciclável.

O presidente da Faep, Ágide Meneguette, enfatizou que a parceria com o Estado e outros segmentos é fundamental para o desenvolvimento do programa. “O trabalho em conjunto é mais do que necessário, principalmente para reforçar a questão da sustentabilidade”, disse ele. “O Agrinho culmina num evento como esse, mas é preciso ter em mente que, numa grande parte do ano, as ações do programa se desenrolam nas salas de aula, com a utilização pelos professores do material didático elaborado por técnicos e consultores do Senar”, afirmou.

O Agrinho envolve cerca de 80 mil professores e 1 milhão de estudantes paranaenses. Nesta edição, que teve mais de 6 mil trabalhos inscritos, foram 314 premiados entre alunos, professores, diretores, secretários municipais de educação e chefes de núcleo. Os estudantes participam do concurso por meio de redações e desenhos, enquanto os professores concorrem com relatos e experiências pedagógicas que desenvolveram ao longo do ano.

“Temos políticas públicas voltadas à educação ambiental e o Agrinho vem se somar às ações de preservação do campo, do solo e da água que temos desenvolvido em nossas escolas”, disse a secretária de Estado da Educação, Ana Seres.

PRÊMIOS - Os vencedores receberam automóveis, tablets e notebooks. Uma delas foi a estudante Luana Rafaela Dias Moreira, do Colégio Estadual de Educação Profissional Agrícola Mohamad Ali Hamzé, de Cambará, no Norte Pioneiro. Luana fez um quadro mostrando a relação entre a terra, a grama e o leite produzido por uma vaca. “Eu quis mostrar a importância do solo para essa cadeia e para a produção de alimentos. Tudo está interligado”, explicou a aluna do 3º ano, que recebeu um notebook.

PROSOLO - O Agrinho conta com várias categorias. Neste ano, uma modalidade inédita foi promovida: o Agrinho Solos, que uniu a metodologia do Agrinho com o Programa Integrado de Conservação do Solo e Água do Paraná (Prosolo), do Governo do Estado e entidades parceiras. A proposta foi trabalhar a consciência das futuras gerações especificamente sobre a importância da conservação de solo. “Fico feliz porque é mais uma afinidade do setor produtivo com um programa do nosso governo”, disse o governador Beto Richa.

Para o secretário de Estado de Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, essa parceria ajuda a formar o agricultor do futuro. “De tanto insistir com criança, jovens e adolescentes sobre como deve ser as boas práticas na agricultura, estamos conseguindo criar um agricultor consciente da necessidade de fazer as coisas bem feitas e sempre respeitando o meio ambiente”, disse.

PRESENÇA – Participaram da solenidade os secretários de Estado de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, e Planejamento e Coordenação Geral, Juraci Barbosa; os deputados federais Luciano Ducci e Heitor Schuch; e os deputados estaduais Luiz Claudio Romaneli, Elio Rusch, Claudio Palozi, Guto Silva e Fernando Scanavaca.

Fonte: Agência de noticias do Paraná

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,