Extrativistas ganham equipamentos de proteção

Brasília (01/11/2017) – Nos dias 16 a 19 de outubro, foram realizadas oficinas nas comunidades do entorno da Reserva Extrativista (Resex) Chocoaré-Mato Grosso, no município de Santarém Novo (PA), para a entrega dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) adquiridos no âmbito de acordo entre o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Os materiais foram doados a pescadores, que exercem a pesca de espinhel e ficam expostos ao sol por longos períodos, e a catadores de caranguejo-uçá, que permanecem dentro do mangue nos períodos de maré baixa e, por isso, mantêm contato com grande variedade de insetos e correm risco de sofrer cortes no corpo. No total foram atendidos, 215 beneficiários de dez comunidades.

Foram montados dois kits. Um para os pescadores de espinhel, com uma camiseta amarela de manga longa e de tecido que protege dos raios solares e de um boné. Outro para catadores de caranguejo, com camiseta verde de manga comprida e de tecido que auxilia na transpiração e é mais resistente, a fim de proteger de danos físicos causados durante as andanças pelo mangue, de um boné, um par de luvas e uma basqueta com seis esponjas. Beneficiários que realizam as duas atividades ganharam duas camisetas (uma amarela e outra verde), boné, par de luvas e basqueta com seis esponjas.

Durante cada oficina de entrega dos EPI nas comunidades, foram ministrados dois cursos, um sobre a Importância do uso dos Equipamentos de Proteção Individuais, pela técnica em enfermagem e conselheira do polo Bacuriteua da Resex, Maria Zélia dos Santos; e outro sobre o Transporte Sustentável do Caranguejo-Uçá, a cargo de Átila Brandão, Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca e Adinaldo Moura Chagas, extrativista da Resex São João da Ponta (PA).

Fonte: ICMBio

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,