Explosão em terminal de gás na Áustria deixa um morto e vários feridos

Uma explosão num dos principais terminais de gás da Áustria deixou pelo menos um morto e 18 feridos na manhã desta terça-feira (12/12). O episódio fez com que a Itália declarasse situação de emergência devido à interrupção do fornecimento de gás, além de fazer com que os preços da commodity disparassem na Europa.

A explosão aconteceu no terminal do consórcio petrolífero austríaco OMV em Baumgarten, no leste do país. O caso foi confirmado pela agência de notícias austríaca APA, citando fontes da Cruz Vermelha, que reduziu o número de 60 feridos divulgado inicialmente por fontes policiais.

A forte explosão aconteceu por volta de 9h (horário local, 6h de Brasília) em um encanamento de gás subterrâneo e provocou um incêndio em seis edifícios, detalhou Franz Resperger, porta-voz do Corpo de Bombeiros, à emissora de televisão pública ORF.

Resperger acrescentou que, devido ao “enorme calor que se desenvolveu”, em pouco tempo, “vários automóveis que estavam no estacionamento derreteram”. “De longe era possível ver as grandes colunas de fumaça preta”, disse.

Segundo a Gas Connect Austria, que opera o terminal de Baumgarten, as chamas já foram controladas. A polícia isolou a área, para onde foram enviadas várias equipes de bombeiros, assim como dois helicópteros médicos de emergência e mais de dez ambulâncias.

O terminal em questão é crucial para o trânsito de gás na Europa, com o gás natural sendo transportado para Baumgarten através da Eslováquia e da Alemanha por meio de vários oleodutos transfronteiriços. O combustível é então distribuído a toda a Europa através da rede de transmissão da Áustria.

De acordo com a operadora eslovaca Eustream, a principal via de trânsito de gás da Eslováquia para a Áustria foi suspensa. A Gas Connect Austria também informou que suas entregas através das fronteiras sul e sudeste da Áustria foram afetadas pela explosão até nova ordem.

Na Itália, chegou a ser declarado estado de emergência, após o ministro da Indústria afirmar que o país está com um “sério” problema de fornecimento de energia.

Receios sobre o fornecimento de gás fizeram com que os preços da commodity disparassem na Europa. Na Itália, o preço saltou 97%, para um recorde de 47 euros por megawatt-hora. No Reino Unido, o maior mercado de gás da Europa, o gás para entrega imediata subiu 35%.

Fonte: Deutsche Welle

Esta entrada foi escrita emClipping e tags ,