Montanha desaba na Áustria: “milagre de Natal”

O desabamento de uma encosta na Áustria, na véspera de Natal (24/12), praticamente isolou do resto do mundo cerca de 150 moradores de um vale no Tirol, que estão impossibilitados de deixar suas aldeias. O local do desastre foi o município de Vals, pouco menos de 40 quilômetros ao sul de Innsbruck.

Fotos aéreas mostram um gigantesco cone negro de rochas e terra, que rolou por uma escarpa abaixo, caindo próximo a algumas casas e soterrando a estrada de acesso ao vale, numa extensão de até 150 metros. Segundo as primeiras estimativas, são várias dezenas de milhares de toneladas de rochas e terra.

Não houve vítimas, porém algumas famílias escaparam por pouco de uma catástrofe, como lembrou o governador do Tirol, Günther Platter, que visitou Vals nesta segunda-feira. “Pouco antes do desastre, várias crianças e seus pais haviam passado pelo local, a caminho da Missa do Galo, isso poderia ter acabado numa tragédia”, disso o político. “Pode parecer kitsch, mas foi um milagre de Natal.”

A montanha ainda se move

Segundo geólogos, a montanha continua em movimento. Sobrevoando o local, eles identificaram diversas rupturas nas encostas. Por isso, as autoridades ampliaram por diversas vezes a área interditada, e a polícia removeu cerca de 40 pessoas de nove casas.

Embora a formação montanhosa fosse considerada perigosa, o deslizamento veio de forma inesperada. “Ninguém considerava a situação tão extrema”, comentou o geólogo responsável, Gunther Heissel. “Isso mostrou que ainda há rochedos ameaçando se romper. O perigo está longe de ter acabado.”

O desastre ocorreu pouco antes das 18h00 (15h00 em Brasília) de 24 de dezembro. “O som foi como de um terremoto”, contou na televisão o secretário municipal de Vals, Josef Gatt. “A casa toda tremeu. Corremos para a varanda, e vimos uma nuvem de poeira gigantesca: foi assustador.”

Como os habitantes dos vilarejos haviam se abastecido para o Natal, no momento não há problemas com mantimentos, mas, se necessário, é possível o fornecimento por helicópteros. Escavadeiras estiveram em grande atividade durante todo o feriado (na Áustria o 26 de dezembro é segundo dia de Natal), e na quarta-feira deverá estar aberta uma estrada de emergência do outro lado do vale.

O vale de Vals, nos Pré-Alpes de Tux, é uma reserva natural. Como consta do website da região, turistas o frequentam sobretudo no verão, para escaladas e alpinismo. No inverno, são também disponibilizados alguns meios de transporte, pistas e outras instalações para esquiadores principiantes.

Fonte: Deutsche Welle

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , , ,