Conheça o Sistema Integrado de Alertas de Desmatamento que atua na Amazônia

O projeto Amazônia Sar, do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), lançou nessa quarta-feira (21) o Sistema Integrado de Alertas de Desmatamento (SipamSar), para ampliar a capacidade de identificar o desmatamento e promover a proteção da área.

A ferramenta, que inicialmente utilizava imagens capturadas por aviões, passou a fazer uso de satélite para monitoramento, o que tornou possível detectar com mais agilidade a retirada da vegetação florestal ainda em estágio inicial, além de outros ilícitos que possam ocorrer na região da Amazônia Legal.

A identificação dos alertas é feita por meio de dados de sensores orbitais do Radar de Abertura Sintética (SAR) e analisada por especialistas em Manaus (AM), Belém (PA) e Porto Velho (RO). Já a coordenação dos trabalhos é centralizada no Distrito Federal. O próximo passo pela melhoria no monitoramento é a instalação de duas antenas de rastreio.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Defesa   e do Censipam

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,