Instituto do Meio Ambiente de MS faz alerta sobre Rio Miranda após nível atingir 6,87 metros

O Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) emitiu um aviso de evento crítico quando o Rio Miranda atingiu 6,87 metros por volta das 16h (de MS) desta quinta-feira (22). A cota de emergência é 7 metros para o leito começar a transbordar.

De acordo com o Imasul, o volume de chuvas das últimas 48 horas na cabeceira da bacia foi de 217 milímetros. A quantidade fez elevar o nível do rio. Nesta manhã, o nível era de 662 centímetros e continuou subindo em média 3 cm/h.

A estação Estrada MT-738, localizada no km 21, atingiu na tarde desta quinta-feira a cota de 10,64 metros, o maior valor da série histórica e continua em subindo, de acordo com o Imasul.

Com a subida do Rio Miranda, já iniciou o processo de invasão das águas nas instalações lindeiras ao curso hídrico e inundação de propriedades rurais.

O rio já tinha inundado a cidade em dezembro do ano passado, obrigando os moradores a deixarem as suas casas com a cheia do rio. A enchente começou mais cedo em razão do grande volume de chuvas ainda no fim do ano.

A prefeita de Miranda, Marlene de Matos Bossay, decretou situação de emergência em razão dos estragos provocados pelo excesso de chuva, como alagamentos em rios e córregos e danos em estradas, pontes e tubulações, em 2017.

Fonte: G1

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,