INPE apresenta “Learning Center” em reunião sobre uso democrático de satélites

De 6 a 8 de março, o Brasil sedia a reunião anual do Grupo de Trabalho em Construção de Capacidade e Democracia de Dados do Comitê de Satélites de Observação da Terra (CEOS, na sigla em inglês). O encontro será no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), reconhecido mundialmente por estabelecer uma pioneira política aberta e gratuita para o uso e disseminação de dados de satélites.

Serão apresentados projetos de treinamento e educação realizados por várias agências espaciais. Uma das contribuições do INPE é o chamado Learning Center.

Iniciativa para organizar e divulgar online conteúdos didáticos e científicos, o Learning Center possibilita a democratização do conhecimento, acesso a videoaulas, palestras e apresentações em diversos assuntos ligados ao uso de sensoriamento remoto e geotecnologias.

O CEOS é responsável pela coordenação global de programas espaciais civis e pelo intercâmbio de dados de satélites de observação da Terra em benefício da sociedade. O compartilhamento de informações proporcionado pelo CEOS une esforços e permite a melhoria dos estudos sobre desmatamento, previsão de desastres naturais, conservação da biodiversidade, entre outras aplicações importantes no atual cenário de mudanças climáticas. Quanto mais dados e satélites disponíveis, melhor o gerenciamento dos recursos naturais de nosso planeta.

Atividades

Lideranças da Nasa, ISRO e DLR, as agências espaciais dos Estados Unidos, Índia e Alemanha, respectivamente, discutirão o treinamento em aplicações SAR (Synthetic-Aperture Radar), uma das atuais prioridades do grupo de trabalho. Além disso, os especialistas irão avaliar o progresso das atividades desenvolvidas em 2017 e desenvolver o plano de trabalho para o próximo triênio, 2018-2020.

“Desde a formação deste grupo de trabalho em 2012, quando o INPE foi seu presidente, o objetivo principal sempre foi auxiliar os potenciais usuários no acesso e uso de dados espaciais”, explica Hilcéa Ferreira. “O INPE, além de disponibilizar dados, atua na construção da capacidade para recebê-los, interpretá-los, utilizá-los e levá-los com facilidade ao usuário final”.

Segundo a especialista do INPE, a experiência do Instituto em capacitação é requisitada nos programas de cooperação no contexto internacional, principalmente aqueles que envolvem o uso de geotecnologias desenvolvidas na área de Observação da Terra, como os sistemas TerraAmazon, TerraMA2 e TerraHidro.

O compartilhamento de dados para o desenvolvimento sustentável (Data Democracy) e o treinamento e infraestrutura para seu melhor uso (Capacity Building) são as atividades principais desenvolvidas por este grupo de trabalho do CEOS.

A participação ativa em reuniões gerenciais e atividades do grupo vêm permitindo a inserção de pesquisadores e tecnologistas do INPE em iniciativas de capacitação, presencial ou online, promovendo a transferência de conhecimento e oportunidade de colaboração com outras instituições, universidades e agências espaciais ao redor do mundo.

As oportunidades de treinamento criadas pelo grupo e oferecidas gratuitamente, em forma de seminários online (webinars), também beneficiam a comunidade de alunos, em diversos níveis, e profissionais, em busca de capacitação qualificada, em todo Brasil, em diversas áreas tais como monitoramento de desastres naturais, uso de imagens de radar em diversas aplicações, dentre outros.

Fonte: Inpe

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,