Funai e Ibama realizam Oficina de Prevenção a Incêndios Florestais na Terra Indígena Kadiwéu

Entre os dias 12 e 16 de março foi realizada a Oficina para Levantamento Etnográfico do Uso e Manejo do Fogo e ações de Manejo Integrado do Fogo na Terra Indígena Kadiwéu, localizada no município de Porto Murtinho/MS. A terra indígena contará, em 2018, com duas brigadas de prevenção contratadas pelo Prevfogo/Ibama.

A ação, realizada pelo Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo/Ibama) e Funai, buscou discutir com os povos Kadiwéu, Kinikinau e Terena o uso tradicional do fogo pelos indígenas e ainda apresentar a metodologia de Manejo Integrado do Fogo como estratégia de prevenção aos incêndios florestais.

As conversas ocorreram com grupos de quatro aldeias da TI e com a participação da Coordenação-Geral de Monitoramento Territorial-CGMT, da Coordenação Regional de Campo Grande e da Coordenação Técnica Local de Bonito da Funai.

“A realização de atividades de prevenção de incêndios florestais com outras instituições de Estados fomenta a sua capilarização e ainda apoia a construção de conhecimentos híbridos que favoreçam a implementação da Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas”, ressaltou Priscila Feller, Chefe do Serviço de Capacitação da CGMT.

Acordo de Cooperação Técnica

O desenvolvimento das atividades de prevenção, monitoramento e combate aos incêndios florestais está ancorado no Plano de Trabalho do Acordo de Cooperação Técnica 41/2013, firmado entre Funai e Ibama.

O Acordo de Cooperação Técnica institui a implementação do Programa de Formação de Brigadas Federais em Terras Indígenas, fomentando a sinergia entre o conhecimento tradicional do uso do fogo pelos povos indígenas, a Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas e as politicas nacionais de prevenção e combate a incêndios florestais.

Fonte: Funai

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,