Erupção vulcânica obriga centenas a deixarem suas casas no Havaí

defaultEspecialistas afirmaram que não são capazes de prever quanto tempo a erupção do vulcão Kilauea pode durar

Cerca de 1.500 moradores foram obrigados a deixar suas casas nesta sexta-feira (04/05) após o vulcão havaiano Kilauea entrar em erupção. A lava avançou por terras florestais e atingiu ruas pavimentadas. Não há relatos de pessoas feridas.

Autoridades do condado de Havaí – um dos cinco do estado americano do Havaí – disseram que vapor e lava foram expelidos de uma rachadura em Leilani Estates, que fica perto da cidade de Pahoa, na Ilha Grande (Big Island, em inglês). O governador do Havaí, David Ige, ativou a Guarda Nacional americana para ajudar nas evacuações e fornecer segurança paras as cerca de 770 estruturas deixadas vazias.

Imagens transmitidas pela televisão local mostraram lava sendo jorrada de uma rachadura numa estrada. E em imagens de drone feitas pelo residente Jeremiah Osuna foi possível ver um riacho de lava abrindo caminho numa floresta.

As imagens da erupção do vulcão Kilauea, no Havaí

“Soava como se você colocasse um monte de pedras numa secadora e a ligasse na potência máxima. Dava para sentir o cheiro de enxofre e de árvores, vegetação rasteira e outras coisas queimadas”, disse Osuna.

Especialistas afirmaram que não são capazes de prever quanto tempo a erupção desta quinta-feira pode durar. “Há bastante magma no sistema. Provavelmente, não será uma erupção de apenas algumas horas. Mas quanto tempo durará depende se o reservatório de magma no cume será envolvido. Portanto, estamos observando bem de perto”, disse Asta Miklius, do Observatório de Vulcões do Havaí do Serviço Geológico dos EUA (Usgs).

Fonte: Deutsche Welle

Esta entrada foi escrita emClipping e tags ,