Redemoinho se forma no céu de Brasília

A aparição de um redemoinho “gigante” nos céus assustou moradores de diversas regiões do Distrito Federal, no fim da tarde desta quarta-feira (16). O fenômeno natural foi visto por volta das 16h30 por quem passava pelas regiões de Ceilândia, Taguatinga e próximo à barragem do Descoberto.

Leitores do G1 contaram que ficaram assustados com o tamanho do que parecia uma “nuvem de fumaça”. A empregada doméstica Glayce da Silva, de 49, fez o registro da janela do ônibus. Ela voltava para casa após o dia de trabalho quando percebeu o redemoinho no céu, sobre o Descoberto.

“Causou alvoroço no ônibus, todo mundo ficou com medo dele tocar o solo e ter algo pior.”

Redemoinho visto no céu de Taguatinga (Foto: Wallace Batista/Arquivo Pessoal)

Redemoinho visto no céu de Taguatinga (Foto: Wallace Batista/Arquivo Pessoal)

Entenda o fenômeno

Procurado pela reportagem, o meteorologista Manoel Rangel, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), afirmou que, apesar do susto, o evento “não oferece ameaça à população e nem aos imóveis”.

O especialista explica que o redemoinho aconteceu porque uma massa de ar úmido vinda da Amazônia se uniu à massa de ar seco acumulada no Distrito Federal. A diferença de umidade, então, “formou uma bolsa de alta pressão, fazendo o ar girar”.

Ainda segundo Rangel, por não ter tocado o solo, o fenômeno não pode ser chamado de “tornado”.

“O ar mais próximo ao chão está seco, não tem umidade.”

Redemoinho visto no céu sobre o Descoberto, no DF (Foto: Reprodução)

Redemoinho visto no céu sobre o Descoberto, no DF (Foto: Reprodução)

Nesta quarta, de acordo com a medição do Inmet, a temperatura variou entre 14 ºC e 27 ºC. No momento em que o fenômeno foi registrado, fazia em torno de 22 ºC. O fenômeno, segundo testemunhas, durou cerca de 10 minutos. A umidade relativo do ar naquele momento, diz o Inmet, era de 60%.

Fonte: G1

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,