Praia do Peró terá mega ação no dia mundial dos mares limpos

O mar não está para plásticos. A Praia do Peró, em Cabo Frio, na Região dos Lagos, vai sediar, no dia 16 de junho, um mega evento no Dia Mundial dos Mares Limpos, promovido pelas Organizações das Nações Unidas (ONU). O objetivo é conter a maré de plásticos que invade os mares de todo o mundo. Segundo estimativas da ONU Meio Ambiente, em 2050 os oceanos poderão ter mais plásticos do que peixes.

O Clean Seas (Mares Limpos) 2018 vai reunir, das 9 às 12 horas do dia 16, estudantes, moradores, ambientalistas, ciclistas, corredores, remadores de canoas havaianas, turistas, quiosqueiros, trilheiros e outros segmentos da sociedade. Com 7,2 quilômetros de extensão, a Praia do Peró é uma joia ambiental da Região dos Lagos por estar livre da poluição. Com águas cristalinas, poderá hastear em dezembro a Bandeira Azul, certificado internacional de qualidade.

Praia do PeróPraia do Peró

Um dos coordenadores do programa Bandeira Azul, Carlos Magno disse que a ação do dia 16 vai mobilizar centenas de pessoas não somente de Cabo Frio como também de cidades vizinhas, além de muitos esportistas que costumam aliar o esporte à natureza. Será feita uma grande limpeza do trecho da praia, inserida no Parque Estadual da Costa do Sol, que receberá a Bandeira Azul. A ação se estenderá ao Morro do Vigia. Agentes da Coordenadoria de Meio Ambiente do município e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) vão participar:

— As pessoas serão divididas em grupos, orientadas por trilheiros experientes, na limpeza da restinga. Ao mesmo tempo, mergulhadores profissionais estarão atuando no fundo do mar com apoio de barcos e da Capitania dos Portos. Remadores de canoas havaianas farão a limpeza antes de o lixo chegar na areia. Universitários vão relacionar, e documentar em fotos e vídeos, todos os materiais que forem recolhidos – explicou Magno.

Ciclistas do Bike Night Cabo Frio vão percorrer as ruas do Peró convocando os moradores para a ação na praia. O monomotor “Mico Leão Voador”, do ambientalista Ernesto Galiotto, fará voos rasantes na praia com as cores da Bandeira Azul. Movimento que luta pela Bandeira Azul e pela preservação da orla, os Amigos do Peró conseguiram apoio dos comerciantes, quiosqueiros e hoteleiros para montar uma tenda, onde vão dar informações sobre a Costa do Peró e fazer inscrições para novos adeptos ao movimento de preservação. Os Amigos do Peró querem que o futuro prefeito de Cabo Frio (que será eleito dia 24) assuma o compromisso de apoiar o projeto Bandeira Azul.

— Em breve, a Praia do Peró será um modelo nacional de respeito e preservação do meio ambiente. Qualidades para isso não lhe faltam. Os Amigos do Peró buscam apoio das autoridades para promover a educação ambiental, sobretudo dos jovens e o ordenamento deste paraíso que encanta a todos – disse Roberto Saci, um dos mais antigos hoteleiros do Peró.

Praia do PeróPraia do Peró

Noventa por centro dos animais marinhos que são encontrados por mês agonizando ou mortos na Costa do Peró são vítimas de plásticos ou da pesca predatória. Os maiores vilões são os copos, canudos, embalagens e tampas de bebidas e pitucas de cigarro deixados pelos banhistas. No dia 16, garis da prefeitura farão um trabalho especial de recolhimento do microlixo da areia do Peró.

Estimativas dizem que oito milhões de toneladas de plástico acabam nos oceanos todos os anos, o equivalente ao despejo de um caminhão de lixo de plástico a cada minuto, provocando estragos na vida aquática e ecossistemas, prejudicando também as pescas e o turismo, com custos de pelo menos oito mil milhões de dólares (7,5 mil milhões de euros).

Fonte:  Meio Ambiente Rio

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,