Você não vai acreditar no peso da maior semente do mundo

Você conhece o coco-do-mar, a palmeira que dá a maior semente do mundo? Ela cresce apenas em duas ilhas do leste da África, chamadas Seicheles, e pode pesar até 18kg. O solo dessas ilhas é rochoso e pobre em nutrientes, mas as folhas da planta em formato de calha ajudam a guiar a água da chuva, folhas caídas de árvores vizinhas e cocô de passarinhos diretamente para a raiz da planta, levando mais nutrientes para ela.

Lodoicea maldivica também se destaca em relação a outras plantas pela baixa necessidade de nitrogênio e fósforo em suas folhas. Ela precisa de apenas um terço de nitrogênio do que as outras plantas da ilha precisam. Ao invés de absorver essas substâncias para ela, a planta desenvolve as sementes gigantes cheias de nutrientes e energia para as futuras mudinhas conseguirem se virar por um bom tempo antes de dependerem exclusivamente do solo e do sol.

Criar essas sementes gigantes leva seis anos consome 85% do fósforo da planta. Claro que a palmeira só começa a produzir sementes quando atinge a “puberdade”. Isso significa entre 80 e 100 anos de espera para ela começar a dar sementes.

Apesar de uma palmeira dessas viver por centenas de anos, ela produz apenas cerca de 100 sementes. Entre essas sementes, apenas 20 a 30% vão brotar para gerar novas plantas.

Todas essas singularidades e longo período de amadurecimento da planta e da geração das sementes significa que essas palmeiras estão correndo risco de desaparecer. Suas sementes são roubadas das plantas para serem raladas e vendidas em forma de pó. Além disso, muitos turistas compram essas sementes para ter um souvenir da região.

Fonte: Juliana Blume, Hypescience

Esta entrada foi escrita emClipping e tags ,