Apple e outras fornecedoras criam fundo para energia limpa na China

Pouco tempo de atingir a 100 % de consumo de energia renovável  em abril deste ano, a Apple revelou nesta sexta-feira (13) um novo fundo de investimentos voltado para produção de energia limpa na China. Chamada de The China Clean Energy Fund, esta iniciativa é uma parceria da gigante tecnológica com outras companhias para produção de pelo menos 1 gigawatt por meios renováveis.

Ao todo, são dez empresas parceiras: Catcher Technology, Compal Electronics, Corning Incorporated, Golden Arrow, Jabil, Luxshare-ICT, Pegatron, Solvay, Sunway Communication e Wistron.

Com isso, o grupo pretende levantar cerca de US$ 300 milhões para investimentos no país nos quatro próximos anos, com os quais a Apple acredita que pode providenciar energia para perto de 1 milhão de residências locais. “Estamos emocionados pois vários de nossos fornecedores estão participando deste fundo, e acreditamos que este modelo pode ser replicado globalmente para ajudar negócios de todos os tamanhos a criar um impacto significante de forma positiva em nosso planeta”, conta Lisa Jackson, vice presidente de Iniciativas Sociais, Políticas e de Meio Ambiente da Apple.

A ação faz parte do programa de energia limpa da Maçã, lançado em 2015, em que a empresa começou com iniciativas no setor. Na China, este fundo será gerenciado por uma empresa terceirizada chamada DWS Group, com foco em sustentabilidade.

Fonte: Apple

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,