Onça parda aparece em parque da Região Metropolitana de Porto Alegre pela primeira vez em mais de 15 anos

Onça parda, também conhecida como puma, foi flagrada pelas câmeras do local mais de 15 anos após o último registro oficial no parque (Foto: Divulgação/Sema)

Onça parda, também conhecida como puma, foi flagrada pelas câmeras do local mais de 15 anos após o último registro oficial no parque (Foto: Divulgação/Sema)

Uma onça parda foi flagrada em vídeo andando pelo Parque Estadual de Itapuã, em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre, após mais de 15 anos do último registro oficial da presença do animal no local. Também conhecida como puma, leão-baio ou suçuarana, a onça parda é o segundo maior felino do continente americano, atrás apenas da onça-pintada.

Segundo a Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Rio Grande do Sul, órgão ao qual o parque está vinculado, o animal foi flagrado por câmeras noturnas. O equipamento foi instalado após a equipe do parque encontrar pegadas correspondente à onça. No dia 16 de junho, o animal passou em frente às câmeras.

Pegada do animal foi encontrada no parque, e equipe instalou câmeras noturnas para tentar flagrá-lo  (Foto: Divulgação/Sema)

Pegada do animal foi encontrada no parque, e equipe instalou câmeras noturnas para tentar flagrá-lo (Foto: Divulgação/Sema)

A onça pode chegar a pesar 75 kg e medir mais de dois metros. “É o topo da cadeia alimentar”, explica Dayse Rocha, gestora do parque. Para Dayse, o registro indica que o parque, que é uma unidade de conservação de proteção integral, está cumprindo o seu papel.

“É uma evidência que o parque está exercendo a sua função de garantir a biodiversidade e preservar o meio ambiente”, ressalta ela. Segundo Dayse, o parque irá promover uma campanha de conscientização ambiental para proteger o animal.

Fonte: G1