Baleia jubarte aparece morta na Praia Brava em Itajaí – SC

Foto: Divulgação PMP-BS/Univali

Uma baleia jubarte, com cerca de sete metros de comprimento, apareceu morta na Praia Brava, em Itajaí, nesta quarta-feira. O animal foi avaliado pelo Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos, e está em avançado estado de decomposição. A coloração, esbranquiçada, é resultado desse processo.

As condições da carcaça não permitem que seja feita necropsia, por isso não será possível estabelecer qual foi a causa da morte. De acordo com os técnicos do projeto, o animal aparenta ser juvenil.

O descarte será feito pela prefeitura de Itajaí.

As jubartes, quando adultas, chegam a medir 16 metros de comprimento e a pesar 40 toneladas. É o mesmo que um ônibus e um carro, juntos, e o peso de oito elefantes. As baleias dessa espécie vivem até 60 anos.

Tradicionalmente, elas apenas passam por Santa Catarina em seu ciclo migratório. Partem da Antárdida em direção ao Nordeste brasileiro, especialmente o Litoral da Bahia, onde ocorre o acasalamento das gigantes.

Em 2014, graças aos programas ambientais, as jubartes saíram da lista de animais ameaçados de extinção no Brasil.

Monitoramento

Este ano, o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos já recolheu 11 baleias mortas em Santa Catarina. O Estado é o que tem o maior número de animais marinhos recolhidos, entre os três que fazem parte desta fase do projeto _ SC, Paraná e São Paulo. Este ano, a média é de 10 animais mortos por dia na costa catarinense. Tartarugas, pinguins e golfinhos estão entre as espécies que lideram as estatísticas.

Fonte: NSC Total