EXCLUSIVO: Pesquisa revela que Meio Ambiente não é visto como entrave ao desenvolvimento

Redação AmbienteBrasil

A Revista do Terceiro Setor, editada pela Rede de Informações para o Terceiro Setor – Rits –, traz a informação de que uma pesquisa encomendada ao Ibope pela ONG ambientalista WWF-Brasil, para medir o grau de conhecimento da população sobre as questões envolvendo recursos hídricos, revelou que 80% dos brasileiros não estão dispostos a conviver com uma maior degradação ambiental em prol do desenvolvimento econômico.

A pesquisa foi realizada em dezembro passado com 1.001 entrevistados em 207 municípios brasileiros. “A última já tinha sido feita há dois anos e queríamos avaliar o que tinha mudado em termos de opinião da população em relação a uma série de questões ligadas à água e ao meio ambiente”, explicou à publicação o superintendente de Conservação de Programas Temáticos do WWF-Brasil, Carlos Alberto Scaramuzza.

Segundo ele, o episódio em que o presidente Lula caracterizou ambientalistas e Ministério Público como obstáculos ao desenvolvimento – leia em Índios, MP e ambientalistas são entraves para o País, diz Lula – motivou a organização a incluir algumas perguntas com caráter mais político na pesquisa, para aferir qual era a percepção da população em relação a essas declarações.

“A população brasileira vê a questão ambiental como um ativo para o desenvolvimento econômico e não como um obstáculo. De todos os fatores listados como possíveis entraves ao desenvolvimento, a questão ambiental aparece em último lugar com apenas 7%”, disse Scaramuzza à Revista do Terceiro Setor. A corrupção ficou em primeiro lugar com 62% das respostas, seguida pela carga tributária, com 44%, e burocracia, 22%.

O resultado do levantamento explica em parte a resistência da comunidade ambientalista à possibilidade de substituição da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, agora neste segundo mandato do presidente Lula. A senadora acreana estaria sendo “fritada” por setores do governo, para os quais o trabalho dela tornou-se impeditivo à aceleração do processo de crescimento do país.

Uma enquete publicada por AmbienteBrasil, em 12 de dezembro passado, revelou que quase 80% dos votantes achavam correta a permanência de Marina Silva à frente do MMA (veja resultado completo).