ECOLUNA – Culpa do desmatamento na Amazônia é da pecuária, não da soja

Esta foi a conclusão de um estudo feito por Julio Miragaya, coordenador-geral de Planejamento e Gestão Territorial (CGPT) do Ministério da Integração Nacional, divulgado em reportagem do Jornal da Ciência.

Com base nos dados da produção de pecuária municipal do IBGE, o documento afirma que 34,667 milhões de hectares da Amazônia foram ocupados com pecuária entre 1990 e 2005. Outros 5,405 milhões se destinaram ao cultivo de soja, seguida por milho (930 mil hectares), arroz (508 mil) e algodão (432 mil).
No período, o Brasil registrou um aumento expressivo de 40,8% de gado em seu rebanho. Das 60,05 milhões de cabeças, nada menos que 80,5% se deram nos nove Estados que compõem a Amazônia Legal.

Segundo o economista, que escreve sua tese de doutorado sobre o papel da pecuária na ocupação da Amazônia, expulsos por culturas mais rentáveis do sul, sudeste e centro-oeste do país, os rebanhos bovinos encontraram na região amazônica condições ideais para crescer: terras baratas (em muitos casos, griladas), solos e clima impróprios para lavouras em algumas localidades.

A história de cada um

O portal Animalivre está promovendo o 2o. Festival Literário do Dia Nacional de Adotar um Animal, com o tema “Não basta adotar, tem que ser responsável”. Os textos, de no máximo 40 linhas, devem apresentar um incentivo à adoção, abordando sua importância, tanto no que diz respeito aos bichinhos de estimação escolhidos, quanto aos benefícios que tal atitude pode trazer aos humanos que os acolhem. Para conferir todos os detalhes, clique aqui.

Agende-se

Amanhã, durante um café produzido com alimentos orgânicos, às 8h, acontecerá o lançamento oficial do 2º Congresso Brasileiro de Jornalismo Ambiental, no Restaurante Moeda do Santander Cultural (Rua Sete de Setembro, 1028, no centro de Porto Alegre). O Congresso, que terá participação de cerca de 700 profissionais e estudantes de jornalismo de todo o Brasil, vai debater, entre os dias 10 a 12 de outubro, no Salão de Atos da UFRGS, em Porto Alegre, o tema “Aquecimento Global: Um Desafio para a Mídia”. Saiba mais no site do evento.

* * *

De 18 a 23 próximos será realizado em Brasília o 2º Encontro Nacional dos Povos das Florestas, com cerimônia de abertura programada para as 18h, no Teatro Nacional, Sala Villa-Lobos. Índios, seringueiros, ribeirinhos, pescadores, quebradeiras de coco e representantes de organizações da sociedade civil vão debater, no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, três temas-eixo: mudanças climáticas; redução da pobreza e a conservação da biodiversidade, e Programa de Aceleração do Crescimento e Desenvolvimento Socioambiental. As inscrições são gratuitas. Para maiores informações, clique aqui.

Edição anterior

(10/09) Uma extinção que ainda preocupa pouca gente

Esta entrada foi escrita emExclusivas
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5