EXCLUSIVO: Audiência Pública definiu prioridades na pesquisa agropecuária

Danielle Jordan / AmbienteBrasil

A conservação e uso de recursos genéticos devem prevalecer. Durante o encontro realizado na última sexta-feira, 20, na Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, uma das 41 unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, foram apresentados os principais resultados alcançados pela Unidade em 2008, assim como foram definidas as prioridades de pesquisa para 2009.

O representante do Departamento de Propriedade Intelectual e Tecnologia da Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Leontino Rezende Taveira, apresentou o Tratado Internacional sobre os Recursos Fitogenéticos para a Alimentação e Agricultura (TIRFAA), que beneficia o intercâmbio de material genético entre países.

O debate aberto ao público é uma forma de prestar contas a sociedade e permite a troca de experiências e de sugestões entre vários segmentos da sociedade para definir os rumos atuais e futuros das pesquisas agropecuárias no Brasil, de acordo com informações divulgadas pela Embrapa.

A Embrapa possui hoje o maior banco genético de espécies vegetais do Brasil e o 6º maior do mundo, com mais de 100 mil amostras de sementes de importância socioeconômica de aproximadamente 400 espécies.