EXCLUSIVO: Primeiro aterro sanitário consorciado é inaugurado no Rio de Janeiro

Danielle Jordan / AmbienteBrasil

Hoje (27) pela manhã será inaugurado no Rio de Janeiro o primeiro aterro sanitário consorciado do estado, em Teresópolis. O local receberá também o lixo das cidades de São José do Vale do Rio Preto, Sumidouro e Carmo.

O projeto do aterro, que tem 115 mil metros quadrados, faz parte do Programa Estadual de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos (PEGIRS), da Secretaria Estadual do Ambiente. Foram investidos pelo menos R$ 5 milhões.

Cerca de 130 toneladas de lixo devem ser enviadas diariamente ao empreendimento. Na primeira etapa será implantado o tratamento de efluentes líquidos e gasosos, posteriormente um galpão de apoio à coleta seletiva também será instalado.

O governador do estado, Sérgio Cabral e a secretária estadual do Ambiente, Marilene Ramos, participam da solenidade, além do diretor-presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), participam da solenidade a partir das 10h30.

De acordo com Marilene Ramos outros empreendimentos semelhantes serão implantados no estado, entre eles os aterros de Vassouras, Quissamã e Paracambi, que atenderão um total de 15 municípios.

A iniciativa faz parte do Pacto pelo Saneamento, da Secretaria Estadual do Ambiente, e que pretende ampliar de 25% para 80% a coleta e o tratamento de esgoto, e ainda erradicar os lixões em todo o estado, em no máximo 10 anos.

Leia também: 14/05/2009 – EXCLUSIVO: Projetos públicos de aterros sanitários e de saneamento básico podem ser isentos de taxas no Rio de Janeiro
*Com informações da SEA