EXCLUSIVO: Sistema permite verificar em qual cômodo da casa o consumo de água é maior

Em qual parte da casa o consumo de água é maior? Será nos banheiros, na cozinha ou na área de serviço?

Para fazer o diagnóstico do consumo a Companhia de Saneamento de São Paulo, Sabesp, e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas, IPT, desenvolveram um projeto que permite localizar onde o morador consome mais água. Com essa informação, as ações de conscientização da companhia poderão ser mais focadas.

Parte do projeto foi apresentado no 6º Congresso Internacional de Perdas de Água, realizado esta semana, em São Paulo. “Esse conhecimento possibilitará à Sabesp elaborar um plano de contingência ou campanhas de comunicação para conscientização sobre uso racional da água e instalação de equipamentos economizadores.”, explicou o gestor do Programa de Uso Racional da Água, Pura, da Sabesp.

Foram instalados medidores de consumo no cavalete e em cada ponto de entrada de água, incluindo torneiras, bacias sanitárias, etc, em 40 residências, o que possibilitou a análise de cada cômodo da casa.

As conclusões apontaram que com relação à vazão noturna, entre 3 e 4 horas, as pessoas também consomem água em atividades domésticas. O que se imaginava como sendo vazamento noturno, é verdade, consumo.

As pesquisas terão continuidade e mais residências devem ter medidores instalados.
*Com informações da Sabesp.