A intrigante aparição de carcaças de tubarões branco sem fígado na costa da África do Sul

Great White Shark Emerging From the Water : Foto de stock

Tubarão branco

Os cientistas estão intrigados com o aparecimento de 5 carcaças de tubarões brancos na costa da África do Sul.

Quando foram achadas as carcaças, observaram que havia uma ferida sob as nadadeiras peitorais. Na medida que ia se estudando, foi descoberto que eles estavam sem o fígado. O que mais chamou a atenção dos cientistas foi a precisão cirúrgica dos cortes.

Ao longo do processo e pesquisa, foi descoberto que o que causou as mortes foram as baleiras orcas.

Através de um trabalho em equipe, elas conseguiam encurralar a presa e extrair o fígado.

Ainda não ficou claro a razão das baleias estarem se alimentando somente do fígado e descartando o resto do animal.

Multiple Exposure of an Orca Whale Jumping in the Ocean : Foto de stock

Baleias orcas

Uma baleia pesa em torno de 9 toneladas e precisa comer o equivalente a 3% do seu peso diariamente para que possa sobreviver. Como o fígado de um tubarão branco pesa em torno de 90 kg e é um grande depósito de energia, até faz sentido a preferência pelo órgão, que também contém vitamina C, B12, A, ferro, niacina, sódio e carboidratos. Mas não fica clara a razão de descartarem o resto do animal.

Em contrapartida, os tubarões também desenvolveram a sua estratégia de defesa. Os cientistas observaram que os tubarões foram migrando da costa da África do Sul para outras regiões. Agora que as baleias saíram em busca de outras presas, os tubarões brancos estão começando a voltar.

Redação Ambientebrasil

Esta entrada foi escrita emMundo e tags ,