Cerrado é o bioma mais ameaçado no país, diz diretor do ICMBio

Entre todos os biomas brasileiros, o do Cerrado é o mais ameaçado. É o que diz Cláudio Maretti, Diretor de Ações Socioambientais e Consolidação Territorial do Icmbio, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, que participou, nesta quinta-feira, do penúltimo dia do Fórum Mundial da Água. Segundo ele, a biodiversidade do Cerrado está ameaçada pelo desmatamento.

Conforme explica o Diretor, o Pantanal tem ligação direta com o Cerrado e depende da conservação e da absorção de água para os aquíferos subterrâneos.

A professora da Universidade do Estado de Mato Grosso, Solange Ikeda, explica que, além dessa dependência, a construção de hidrelétricas e hidrovias põem em risco a biodiversidade e a população do Pantanal, além de outros biomas que também podem ser ameaçados.

O bioma da Amazônia tem o maior e mais importante sistema de rios do planeta. É o que também conta Cláudio Moretti e, para ele, o cuidado com as águas está diretamente ligado ao fim do desmatamento, sobretudo das matas ciliares, aquelas que ficam nas margens dos rios.

Apesar do desmatamento, que ainda preocupa, ele explica que a Amazônia é o bioma mais protegido do Brasil, o que não ocorre no Pantanal.

O bioma Amazônia é o maior do mundo, e abrange, além do Brasil, outros oito países. A Caatinga ocupa 11% do território nacional. O Cerrado é o segundo maior bioma da América do Sul e é considerado a savana mais rica do mundo.

A Mata Atlântica ocupa 17 estados brasileiros da costa Leste, além do Sudeste e Sul do país. O Pampa foi reconhecido como bioma somente em 2004 e está restrito ao Rio Grande do Sul. E o Pantanal é o menor bioma em tamanho, no Brasil, mas tem uma das maiores extensões úmidas do mundo.

Fonte: Agencia Brasil

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,